23 de jun de 2009

roooooonc!

Barretense é um povinho porco.

Tá, não podemos generalizar já que eu nasci aqui e conheço muita gente bacana daqui também. Mas a atitude barretense em sí, é porca. Essa coisa meio provinciana das pessoas acharem que são melhores que as outras por "terem" e não "serem".
Como disse a Maricota (@maricotanog), Barretos é muito 'tom pastel' e, se eu consegui interpretar bem essa expressão, isso significa que aqui é tudo muito estático, parado, não-vai-pra-frente'sco.
Concordo.

Eu ODEIO Barretos por tudo que ela é e por tudo que minha vida se tornou depois de ter vindo pra cá: essa coisa vazia, sem sal.
Cadê a diversão nesse local? Cadê aquela galerinha bacana não-interesseira? Cadê minha privacidade? Quando eu vou poder sair de casa um dia sem ninguém ir falar pros meus pais?
Ah! eu sou adolescente e sinto falta SIM de um cinema, de um teatro, de um shopping, de um McDonalds (meu deus, eu tenho dezesseis anos e não tenho espinhas causadas por mclanches gordurosos e top sundaes cheios de caloria), de fazer meus rolos em paz.
Por isso que eu quero ir embora daqui o quanto antes. E comecei a me esforçar.

Vamos ver o que vira...

18 de jun de 2009

tipos, oi?

Que que nêgo ganha fazendo fofoca da minha vida? Nada, né? Então vamos parar, por favor? Deixar meus parentes de fora disso seria muito bom, também. Quase que rola tragédia por isso.

Então, dear, se sua vida ta chata a ponto de você ter que ir falar da minha pra alguém, soca uma bronha. me deixa. me esquece. FINGE QUE EU MORRI.